top of page

Um achado inesperado na GSB 2022

Por José Valério Gentil Escrig


Durante a Grande Bioblitz do Hemisfério Sul 2022, realizada no final de outubro, houve um achado inesperado e incrível no Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, na cidade de São Paulo, no sudeste do Brasil. Encontrei um jacaré-de-papo-amarelo (Caiman latirostris), uma espécie que, segundo alguns funcionários do parque, sempre viveu lá, embora muito pouco observado até por quem trabalha no parque. Atualmente se sabe que existem dois indivíduos, e suspeita-se de que haja um terceiro, embora não se tenha maiores provas de sua ocorrência ali.


Registro de jacaré-de-papo-amarelo (Caiman latirostris) feito durante a GS B2022, na cidade de São Paulo, SP, Brasil. Foto de José Valério Gentil Escrig (iNaturalist id: josev_ge).



O registro ocorreu no terceiro dia de evento da #GSB2022, quando visitei juntamente com meu irmão o Jardim Botânico de São Paulo. Sempre procuramos fotografar na região dos lagos, por ter uma biodiversidade bem rica, onde há ninhais de diversas espécies de garças. Ao nos aproximarmos do maior dos lagos meu irmão disse ter avistado um jacaré, mas, como nunca tinha ouvido falar de sua ocorrência lá, acreditei que fosse uma brincadeira. Logo avistei algo parecido com um tronco, que rapidamente se moveu e, assim, foi possível visualizar o animal. O jacaré estava se alimentando de uma garça-branca-grande (Ardea alba), e o tempo todo não pareceu se importar com a nossa presença.


Registros de jacaré-de-papo-amarelo (Caiman latirostris) predando uma garça-branca-grande (Ardea alba) feitos durante a GS B2022, na cidade de São Paulo, SP, Brasil. Foto de José Valério Gentil Escrig (iNaturalist id: josev_ge).



Esse é um dos pouquíssimos registros de jacaré-de-papo-amarelo na cidade de São Paulo na plataforma iNaturalist, o que é muito importante para se ter mais dados sobre a ocorrência e conservação dessa espécie. Através desse registro consegui alertar a equipe do parque sobre a presença dessa espécie, o que possibilita aumentar a proteção desse animal, que pode ser um dos últimos indivíduos da espécie naquela região.


Veja este registro de jacaré-de-papo-amarelo e mais registros da #GSB2022 na plataforma iNaturalist.

78 views0 comments

Comments


bottom of page